#Analise semanal-03# Boku Dake( A cidade onde apenas eu não existo)





De longe o anime de Boku Dake ga Inai Machi está sendo um dos melhores da temporada, neste terceiro episódio, coisas boas e uma verdade que doí.

Boku dake ga Inai Machi - mangá 5Quinta-feira, é dia de conferir Boku Dake ga Inai Machi. Já me apaixonei pela história e seu desenrolar( como bom apreciador deste genero). Satoru terá que viver como uma criança sem chamar a atenção, descobrir qual o dia em que Kayo Hinadzuki desapareceu e ainda sim resolver outros mistérios “menos importantes’ por enquanto.

Neste episódio vemos mais sobre como uma criança com a ‘cabeça’ de um adulto consegue agir, a ideia sobre como descobrir onde Hinadzuki mora, conseguindo meios para descobrir o que realmente está acontecendo, ir até o professor e descobrir que outra pessoa está tentando ajuda-la, causando até um pequeno alívio. Um dos destaques no episódio é o momento em que Satoru a defende na sala de aula e toda atenção sobre preconceito por ser pobre, que o professor havia comentado antes, vem a tona. O modo como ele age para protege-la é fantástico, uma situação perturbadora convertida facilmente com ajuda do professor.

Voltando ao começo do episódio, na disputa no gelo logo, a repetição do que ele fez no passado coincidindo com seu atual presente, achando que não deveria destruir o espírito competidor do outro garoto que se esforçava todo dia. Eu pergunto: Por que ele repetiu algo que fez no passado sem querer? Quais foram os motivos da outra vez?

Esse lace de viajem no tempo é realmente complicado e espero muitas surpresas baseado nesse tipo de coincidência.( se for que nem stains gate ja espero muitas coisas mesmo)

Já o momento pontual e chocante, fica por conta de quando Satoru encontra Hinadzuki toda judiada e largada, a cenas seguintes são de dar nó na garganta. Estranho quando vemos uma situação real dentro de um anime sendo abordado com tanta força e esperança de que tudo será resolvido, mas como?

Bem o bom deste anime e a sensação real de  desespero que ele passa não é um daqueles shounen e realista, mostra situações e problemas reais que o protagonista enfrenta em seu cotidiano no seu estado atual, vai de crueldade e situações que podem ocorrer ao nosso lado todos os dias,  ate mostrar o real desespero e personalidade dos personagens, e temos é claro o sobrenatural de sua habilidade então desconhecida , como ele tem estes poderes? alguem mais tem alguma habilidade ? e quem é o assasino ? ( suspeito do professor tem cara de um pisicopata pedofilo culpado) .

Com uma animação quase cenematografica,( tem cenas que parecem uma fotografia) esta de parabens pois ficou muito bem feito e com cenas chocantes e comoventes ( eu quero bater muito naquela mãe dela serio isso se faz com algum outro ser humano ainda mais sua filha).

Bem a unica parte que ficou meio desnexa é aquela garota que chega me assustei com algumas coisas que ela fala , não que os pensamentos não sejam normais mais porra ela so tem 10 anos , o protagonista eu entendo ele tem seus pensamentos profundos,superficiais, mesmo ela sendo violentada e sofrendo maus tratos ainda me deixou com um porem, ficaria mais dentro do contexto se ela tivesse uns 14-16 anos .

E no Final, qual aluno está conversando com o professor com intenções malignas?

Boku dake
Boku Dake ga Inai Machi, já faz parte dos animes que estou recomendando, me lembro do ano passado quando assisti Death Parade na mesma época e me prendeu do começo ao fim.

Extra:

Fiquei com raiva nessa hora !
Epico cenas unicas lindas de romance

cenas de love


Para vocês, qual anime desta ou de outras temporadas tomou mais seus pensamentos? Aceito dicas!

Apreciador da cultura japonesa,de animes,mangas,livros,filmes,e series.
Sou o God do Blogg Otaku Wolrd Land,e seu redator principal. Atualmente um estudante de farmácia . 

compatilhe

Postagens Relacionadas

Postagem Anterior
« Postagem Anterior
Postagem Anterior
Postagem Anterior»