Salve! Notícia novo membro e o cara que zero um jogo de violência sem usar violência!

Yoh!! My Niggas, eu sou Gabriel GS, novo editor do Otaku Word Land.

Trago junto comigo várias idéias para apimentar nossa experiência aqui! Como o canto do GS onde logo, logo vou postar de maneira hilariante histórias de alguns personagens poderosos dos animes/mangas.
O projeto já ta no papel, falta vim para cá... Coisa que não vai demorar muito. Vou trazer é claro reviews, anúncios, notícias, sugestões de animes, games e tals...
E agora algo interessante; Estava eu dando uma olhada na web quando encontrei este caso tanto que curioso;

Fallout 4 é um jogo de video-game lançado pelo estúdio Bethesda em novembro de 2015. O jogo se passa no ano 2287, 210 anos após uma guerra nuclear devastadora. Depois de emergir em um abrigo subterrâneo o jogador deve completar uma série de tarefas, num jogo que tem narrativa não-linear em um “mundo aberto”, em que o protagonista pode seguir o seu caminho, completar missões, acumular itens e finalizar o jogo após horas e horas de diversão. O game vendeu 12 milhões de unidades, gerando 750 milhões de dólares de faturamento nas primeiras 24 horas após o lançamento.

Mas também trata-se de um jogo em que a violência está presente quase o tempo todo. Espera-se que os jogadores usem de violência e agressividade para completar o jogo, talvez até matando os personagens que apareçam na frente. Sempre de maneira impiedosa. Numa entrevista o diretor do jogo Todd Howard disse que “não matar alguém no jogo não era uma possibilidade, o jogo não havia sido desenhado assim”. Pois bem, alguns jogadores tentaram burlar a regra.
Em um gameplay o jogador Kyle Hickley mostra como zerou o jogo Fallout 4 sem matar absolutamente ninguém. Confira o primeiro vídeo (é uma série deles, com o nerd jogando em tempo real e comentando o que faz) que ele postou no seu canal do You Tube “The Weirdist”:
Segundo o jogador que conseguiu isso um dos segredos é na hora de selecionar o personagem focar no carisma como principal característica, transformando o jogo numa questão de convencer os outros a fazer as coisas que você precisa.
Detalhe: ele fez isso no modo Survival, o modo mais difícil de se jogar Fallout 4. Respect.



compatilhe

Postagens Relacionadas

Postagem Anterior
« Postagem Anterior
Postagem Anterior
Postagem Anterior»