Boku Dake ga Inai Machi – Analise Ep. 09


Boku Dake ga Inai Machi é um anime para pensar além do que é apresentado nos seus 20 minutos semanais, nesta semana a conclusão da primeira parte, Ufa???

Boku dake ga Inai Machi - mangá 5Em Boku Dake ga Inai Machi dessa semana, logo na primeira parte do episódio, a conclusão e um momento que surpreende. Encarar o problema de frente é sempre a melhor alternativa para resolver tudo, mas fiquei bastante preocupado com ataque da mãe de Kayo a mãe de Satoru, foi por bem pouco. Provando que ela estava disposta a extremos para que o conselho tutelar visse e tivessem mais motivos paraLEVAR a menina com eles.
Descobrimos que a mãe a Senhora Hinazuki também sofreu violência doméstica e como muitos, também não conseguiu superar esses traumas e descontam nos filhos.
Claro que não é justificativa, não podemosPENSAR nisso apenas como um ato isolado, isso é recorrente por ai e na história, mesmo não sendo intenção da mãe, a morte de Kayo seria a consequência final desse trauma. De certa maneira, senti pena dela(Kayo não), imaginem o nível de sofrimento, por estar sozinha e tudo isso transformar a cabeça dela a ponto de descontar em uma criança inocente. Algo para se pensar muito antes de qualquer atitude.
Boku Dake Comparando
 Sacudido para a frente esta semana, a resolução do conflito Hinazuki para agora e iniciar as próximas etapas do plano de Satoru. Ele ainda não parece ter muito de um final além "certifique-se as coisas ruins que eu sei sobre não acontecem", mas com a mãe de Hinazuki fora de cena, a história parece estar concentrando-se em duelo de Satoru com a série assassino. Ainda não está claro como ERASED pode resolver este conflito nos últimos três episódios, mas salvando Hinazuki de um lar desfeito é certamente um bom começo.
O confronation com a mãe de Hinazuki que abriu este episódio foi mais um de uma série de grandes setpieces visuais para o show. A narrativa visual era evocativo e impactante, a partir das closeups sobre a mãe de Satoru aos tiros consistentes que enquadram a acção através dos corvos pendurado em cima, juntamente com a sequência de disparos que utilizaram os trabalhadores de custódia da criança para enquadrar a mãe de Hinazuki como presa entre eles. Este foi também bastante o momento heróico para o Sr. Yashiro, como ele não só coordenar esta emboscada entre mãe e os funcionários públicos de Satoru, mas ele mesmo trouxe a avó de Hinazuki.
simpatia da avó para sua filha violenta fazia sentido, mas fiquei ainda mais feliz de ver nem Satoru nem Hinazuki foram movidos pelo colapso de sua mãe. Cada pessoa horrível tem razões para as coisas que eles fazem - que não justificam seus atos terríveis. Da avó "Eu sei muito bem como é difícil para uma mulher para criar um filho sozinha", oferecido algum contexto para a mãe, mas foi realmente mais de uma condenação da sociedade em geral. Apagada está cheio de crianças isoladas e as famílias monoparentais e refrão constante do programa é que, sem uma comunidade forte e as pessoas que acreditam em nós, todos nós sofremos sozinhos.
enquadramento do show ficou ainda mais ambicioso perto do final dessa cena, como constatámos uma sequência de disparos que primeiro balançou a câmera para baixo para enquadrar Hinazuki e Satoru contra sua casa vazia, e depois retirou-se juntamente com o carro de Yashiro como Satoru correu para trás. Tiros como essa não são fáceis -, a fim de mudar a perspectiva de todos os objetos na vista em relação à estrutura, você tem que redesenhar continuamente cada objetoapagado conseguiu contornar esta questão, baseando-se em casas de CG e apenas redesenhar o real. caracteres, resultando em algumas sequências exclusivamente dramáticos que culminou com uma panela longe de Satoru-se a um pássaro escapar em vôo.
segunda metade do episódio focado em Satoru tentar certificar-se de ambos Hiromi ea menina vai para uma escola próxima estaria a salvo de o assassino. métodos de Satoru aqui parecem bastante questionável; embora a situação de Hinazuki era tão terrível que exigiu intervenção imediata, parece proteger estes dois do assassino realmente não vai mudar a natureza da situação. Satoru parece estar operando sob a suposição de que, se ele coloca um bandaid ao longo dos maus eventos que ele conhece, tudo vai ficar bem - mas se Satoru faz sequestrar essas crianças difícil, não há nenhuma razão para suspeitar que o assassino não vai simplesmente mudar para outra metas, ou mesmo sequestrar o próprio Satoru. A batalha de Satoru é com o assassino, não com o passado, mas ele não parece reconhecer isso.
métodos questionáveis ​​de Satoru lado, segunda metade do episódio também teve algumas cenas agradáveis ​​que apontam para temas maiores da mostra. Em um ponto, um passeio de carro compartilhado por Satoru, sua mãe, e Sr. Yashiro parecia enfatizar fortemente a ideia de Yashiro como um pai substituto, quando Satoru parecia que ele estava praticamente à beira de pedir Yashiro, até à data a sua mãe. Os momentos de camaradagem entre Yashiro e Satoru foram um prazer consistente esta semana, mas que determinada cena terminou com uma nota um tanto ambígua, como o revelam de doces no painel do Yashiro oferecidas simultaneamente um bocado parvo de caracterização e também manteve-se como um sinal de alerta estranho.
Considerando-se que há um serial killer que tem como alvo as crianças à solta, tendo apenas um dos principais personagens adultos da mostra revelam que ele tem uma fonte improvável de doces em seu carro parece ser um pouco de contar. Mas, honestamente, eu prefiro Yashiro não ser o assassino, e pouco me frustra esse quadro suspense 's apagados faz uma pergunta necessária.ERASED muitas vezes caminha sobre uma linha difícil, onde as suas raízes de suspense e "dificuldade de confiança" é o tema exigem um certo nível de personagem relação ambiguidade, ao passo que a necessidade geral de uma história para criar puxa investimento emocional na direção oposta. O vínculo inquestionável entre Satoru e Hinazuki tem até agora sido o núcleo emocional real do show, então eu vou estar interessado em ver se o show pode manter a sua qualidade sem esse relacionamento, ou se o seu último ato irá inclinar-se para mais emocionalmente inerte material de suspense.
De volta a escola, Satoru começa a planejar como irá proteger as outras duas crianças, o Hiromi Aya Nakanishi, aqui a coisa volta aFICAR complicada e suspeita, Ken’ya percebe como Satoru está concentrado e mais uma vez se dispõe a acreditar no amigo e ajudá-lo com tudo isso. Como disse no começo, o melhor jeito de resolver o problema é encara-lo de frente e ele faz isso contando sua história aos dois.
Boku Dake Hinazuki
É de se notar que Satoru sempre conta a história como se fossem hipóteses e nunca diz nada sobre seu Revival, ainda não tivemos nenhum personagem que possa TERpercebido isso. Bom, juntamente com Ken’ya e Hiromi, eles decidem traçar um plano básico para protegerem as crianças.
É estranho VER isso como um desfecho final, pelo menos para Kayo, foi bem arriscado o que Satoru planejou, mas enfim, essa parte do plano deu certo. As mudanças a seguir, essa sim me preocupam de agora em diante. O arrependimento da avó Hinazuki, mas uma vez nos levando a refletir muito sobre nossas atitudes atuais e como elas podem influenciar nossas vidas e as dos outros a nossa volta.
Mesmo com tantas idas e vindas, a suspeita de que o professor possa ser o assassino fica mais forte, tantos doces apenas para aliviar a falta de cigarro, não colou muito bem mesmo ele parecendo nervoso desde o inicio da carona, mas o autor faz isso com a gente, enchendo de suspeitos e distraindo nossa cabeça para novas e antigas direções. E aquele final, será que a motivação de uma criança ressentida pela inveja, pode ajudar o assassino de alguma forma?
Boku Dake Hinazuki doce
última grande cena do episódio foi muito menos ambígua - como Satoru explicou sua teoria para seus amigos, Quênia respondeu com um firme "que confiava em mim o suficiente para me dizer sobre isso. Então, eu quero acreditar em você, também. "Mais uma vez, a confiança comunitária foi estabelecida como a cola que mantém um grupo juntos. Enquanto as relações de Satoru com o Quénia e sua mãe permanece central para a narrativa, acho que não deve se preocupar muito sobre a capacidade do programa para se chegar a um final emocionalmente satisfatório.
Esta semana, o apagado foi mais uma coleção de cenas diferentes do que uma declaração dramática coesa, mas ofereceu uma multa final ao drama do Hinazuki e também se reflete muito bem em temas centrais da mostra. Apagado continua a ser um thriller de propulsão, bem dirigido, e, geralmente, pensativo .
Por enquanto Boku Dake ga Inai Machi é um anime que te leva a pensar em muito além do que é apresentado nos seus 20 minutos semanais e está caminhando para reta final junto com o mangá, que acaba neste mês, o que estão achando?
São tantas perguntas neh?

Apreciador da cultura japonesa,de animes,mangas,livros,filmes,e series.
Sou o God do Blogg Otaku Wolrd Land,e seu redator principal. Atualmente um estudante de farmácia . 

compatilhe

Postagens Relacionadas

Postagem Anterior
« Postagem Anterior
Postagem Anterior
Postagem Anterior»