Boku Dake ga Inai Machi – Analise Ep. 10

Chegamos na retal final de Boku Dake ga Inai Machi, um episódio tenso demais, será que em tão pouco tempo teremos boas explicações? Ahhh...


Entramos na reta final de Boku Dake ga Inai Machi, no inicio do episódio, Satoru pontua as diferenças do antes e depois de suas alterações. E que episódio!!!!

Eu realmente não me sinto feliz revendo este episódio. Eu tenho aproveitado este show, gostando muito - depois de Shōwa Genroku Rakugo Shinju e Grimgar, está representado o pilar de primeira linha final da temporada para mim. Às vezes é passado dos limites em suas encenações de suspense, mas a sua execução tem sido geralmente excelente, e parecia que estava construindo em relação a alguns pontos convincentes sobre a comunidade e confiança.
Mas este episódio foi um desastre!.
Foi um desastre que tem sido um tempo para chegar, em retrospecto. O anime não deixou-se muitos caminhos para revelar quem é o assassino - fora do Yuuki-se, basicamente, o único suspeito em potencial tem sido Sr. Yashiro. Tendo apenas um carácter relevante não faz por grande parte um mistério, e além disso, o Sr. Yashiro tem servido um papel bastante instrumental na trama.Seria um pouco decepcionante para o assassino seja alguém que não sabe, mas seria muito mais decepcionante para ele ser o Sr. Yashiro, que é ao mesmo tempo a escolha abertamente óbvio e um personagem que veio para ficar como um contraponto para a atmosfera subjacente de suspeita no anime. Se Erased é uma mostra sobre nada, é uma mostra sobre o isolamento maneiras e desconfiança machucar tanto a comunidade em geral e todos os seus membros individuais. Apesar de viver em um mundo que valoriza a discrição e sobriedade, Sr. Yashiro ficou como um reflexo de como ainda existem pessoas boas, e ainda há valor na confiança do público.

A primeira metade do episódio segue bem tranquila, ainda me preocupam os atos de Satoru como criança, mesmo um grupo bem atrapalhado, as coisas parecem que caminham bem, trazendo Aya para mais perto sem grande esforço.mais bem a primeira metade foi só a prevenção dos assassinatos não deixando as garotas sozinhas. O único fato que considerei interessante é que após garantir a segurança das vítimas o protagonista finalmente começou a procurar a fonte dos problemas, o assassino. Era algo que tinha achado estranho ele não fazer antes, como comentei no episódio passado. A segunda metade foi mais fraca. Estava muito na cara que o professor era o assassino, porque não existia outra opção. Que diabo de obra de suspense cria um mistério sem nem se dar ao trabalho de tentar tomar  interessante dando pistas falsas e mais suspeitos ,como em death note mais tava na cara que ele era o culpado!

Com essas mudanças, o ambiente escolar fica mais alegre e uma outra criança passa a chamar a atenção, Yanagihara passa a entrar no mesmo perfil das crianças que desapareceram no ‘passado’, se tornando uma ótima presa.
Ele mantem o espírito adulto enquanto sozinho, mas com as crianças ele procura aproveitar esse tempo, como Ken’ya diz: “Aproveitando cada dia ao Máximo”.

 Depois de uma meia-episódio passou à direita primeira Aya Nakanishi e, em seguida, seu colega Misato, Satoru encontra-se sentado ao lado de Yashiro em um carro emprestado, tendo recrutado o seu professor para ajudar a garantir a segurança de Misato. O anime não é sutil nos caminhos que molda Yashiro como o sinistro aqui. Yashiro tem que forçar cinto de segurança de Satoru fechados, e, em seguida, ele sai em um monólogo vilão sobre como ambos os atos bons e maus são "baseadas em um desejo de obter mais de um defeito em si mesmo." Tiros sentar-se abaixo eyeline de Yashiro, concentrar-se na definição avermelhada sol, ou enfatizar luvas tocando Yashiro. E então, em uma linha que pode muito bem eco na história escrita do corte, Yashiro faz sua grande revelação. "Não há doces lá. Afinal de contas, este não é o meu carro." Mais tenho que adimitir que foi algo legal bem bolado pois em alguns episodios este personagen quase pareceu não ser o vilão e no caso colocar e apresentar mais de uma pessoa como suspeito de ser o assasino daria mais trabalho e teria de espichar o anime, ainda é posivel haver um filme mais eu gostaria que realmente deixassem o anime maior e dividissem em duas temporadas para não ficar como notamos neste episodio "forçado".

Já na segunda metade que a coisa acontece, Satoru em sua inocência não percebe toda a trama e o real plano do assassino, que já havia percebido suas estratégias mas não tinha certeza do propósito do garoto.
Basicamente cada linha e imagem que se segue parece que apresenta itálico invisíveis, e talvez até mesmo negrito e sublinhado para uma boa medida. Yashiro abre com um sorriso maligno digno de o cenário-chewers mais melodramáticas, antes de ir a distância vilão completo e explicando seu plano maligno. "Esta é a minha verdadeira forma", ele literalmente, na verdade, diz Satoru, detalhando seus planos malignos e motivos ignóbeis com toda a complexidade moral de um vilão Scooby Doo. É uma cena que ataca diretamente veia temática mais convincente do anime tudo por causa do valor barato do choque suspense, uma traição à eventual complexidade moral e um abraçar de instintos mais desajeitada da historia. Favorecendo Satoru com mais um sorriso maligno, ele passa a assassinar a própria idéia de escrita graciosa, literalmente, dizendo que "é como você viu o futuro." Eu meio que esperava que esta cena para acabar com ele dizendo "e agora é hora de que você seja ... apagados ".
Boku Dake Infantil
Lembram de quando eu falei sobre isso, se ele criança percebe e planeja, o que dirá se um adulto começar a prestar atenção nele?
Apesar de o vilão ter sido tão previsível todo esse tempo, eu me recusava a acreditar que era tão obvio, ainda não acredito, é uma mistura de decepção e surpresa. Tudo se encaixa e o professor, confessa suas intenções e frustrações desde que Satoru começou a agir, foi bem prático e rápido, vou apenas comentar a sensação que tive nesses momentos finais do episódio(palavras fortes a seguir):
Caralh*,  PUT* QUE PARIU, que desespero, que ódio, ele planejou tão bem as coisas e pegou o Satoru de surpresa. Como Satoru não percebeu que Yanagihara não tinha saído do banheiro, ele ficou ali o tempo todo, caiu no plano certinho dele, CARAMBA que nervoso foi esse, que sensação horrível, vontade de gritar, Aaaaaahhhhhhhhhhhh….
Um personagem Tão obvio, tão fraco, tão forte, KCT!
Uma semana esperando, vou ter que lutar contra tudo e contra todos para não ler o mangá, evitar qualquer tipo de Spoiler, ah nãoooo!!!!
Boku Dake
Mais uma vez: “Aaaaahhhhh…. Caralh*!”
Este episódio não foi apenas uma sequência única melodramático, escrito - foi uma traição da narrativa geral do show que faz todo o show muito mais fraca. Eu não tinha certeza exatamente como o show ia acabar, mas, até este momento, eu tinha esperanças razoáveis ​​que iria chegar a algum tipo de conclusão graciosa. Este episódio foi o oposto disso, e uma reivindicação de quaisquer dúvidas promovidas pelo truques como os olhos vermelho-sangue. Este episódio foi a versão narrativa daqueles olhos vermelho-sangue, um pedaço sophomoric de choque de valor suspense histrionismo que fez tanto dano à integridade emocional e temática de seu anime como qualquer episódio poderia possivelmente. Do diálogo real para o enquadramento visual e implicações narrativas subjacentes, este episódio foi uma decepção impressionante.

Bem a ultima questão é como o revival foi tão ultil antes e diante da propria morte ele não ativa? pois o maior medo é quando se esta prestes a morrer, e ele provou ativar por vontade propria antes somente com sentimentos fortes.

Passado esse sentimento, essa confusão de pensamentos, voltei a escrever aqui para vocês e quero saber de coração, o que acharam desse episódio, será que teremos muitas coisas para resolver em apenas 2 episódios do fim, cabe tudo em 2 episódios? 

Ps: Serio eles começaram bem mais derepente pronto freiam tudo, demoro 9 episodios para adaptar os volumes anteriores 2 episodios creio que lançaram um filme ou algo assim porque se fizerem um final apresado ficara um compilado de porcaria!

Extras:

Ainda tenho duvidas se é minino ou menina ou o Hydeoshi ( é muito feminino) 




Apreciador da cultura japonesa,de animes,mangas,livros,filmes,e series.
Sou o God do Blogg Otaku Wolrd Land,e seu redator principal. Atualmente um estudante de farmácia . 

compatilhe

Postagens Relacionadas

Postagem Anterior
« Postagem Anterior
Postagem Anterior
Postagem Anterior»