Analise Semanal: Big Order #02



Bem antes de analisarmos o historia desta vez peguemos ás melhores partes.Isso era para ser divertido? qual é a da trilha sonora,da um tempo acho que pelo episodio passado dava para ter concertado isso,mas agora ja esta virando um problema,se não melhorarem ate os proximos episodios não sei oque fazer, o enrredo e historia muito interessantes e chamativos so por eles ja da para conseguir forças para acompanhar a historia,e a arte ficou ate muito boa a animação ate que esta se saindo bem não desaponta, mas oque tem de interessante, falta acompanhar no desenvolvimento,e oque há com essa trlha sonora? não tem tensão ou emoção,musica calma no inicio ate tudo bem,mas ate quando há ação é um momento tenso para haver certa apreenção tem uma musica divertida na minha opinião ao fundo!

Bem, você certamente não pode culpar Big Ordem por falta de ambição. Onde ele tem um monte de shows, pelo menos, um punhado de episódios para as rodas para começar a cair, Big Ordem só precisava de duas semanas para provar que não tem absolutamente nenhum indício o que está fazendo. Assim, a este respeito, pelo menos, Big Ordem ganha uma estrela de ouro.

O que me deixa perplexo a mais sobre isso é que ele se sente como um show completamente diferente do Big Ordem nos conhecemos na semana passada. Esse primeiro episódio deu um tapa juntos um monte de personagens e idéias mal formadas e em forma-los em algo que estava tentando muito difícil de ser "nervosa" e "dark". Esta semana, o Big Ordem poderia ter sido quase confundido com qualquer outro shonen de ação e aventura genérica, se não fosse a presença de um protagonista fracamente escrita e alguns desenvolvimento do relacionamento verdadeiramente repugnante.

É realmente frustrante ver um personagem cuja fundação é tão maduro para a caracterização interessante ficar virado para o mesmo tipo de inconsistente tabula rasa que temos visto milhares de vezes antes. Na semana passada, parecia que Eiji estava abraçando a metade escura de si mesmo que queria dominar o mundo em torno dele.Quando o primeiro episódio terminou com a ligação dele e, aparentemente, torturando Rin, fiquei com a ideia clara de que ele estava deleitando-se com o sofrimento que ele estava fazendo com ela. Foi bom escrever? Não, mas pelo menos deu Eiji algum tipo de personalidade, além de ser vagamente broody e assombrado por seu passado.

Mas a coisa é, Rin tem totalmente direito de odiar Eiji. Novamente, ele matou milhões de pessoas, intencionalmente ou não, e seu desejo de vingança é mais do que um pouco compreensível. Se este fosse o Eiji do final do episódio da semana passada, este tipo de conflito poderia fazer para uma história possivelmente interessante, uma espécie de anime Breaking Bad, onde seguimos um homem que tenha deixado de lado qualquer pretensão de heroísmo e abraçou seu próprio egoísta e objetivos violentos. ênfase desta semana sobre travessuras pastelão e de relacionamento entre Eiji e Rin minimiza que toda ideia completamente e esvazia muito do caráter construção do primeiro episódio foi realizado. A pontuação ridiculamente inadequado da semana passada sobressai ainda mais aqui, soando como B-sides de Baccano! Ou Blockade Blood Battlefront trilhas sonoras 's. É este mostrar uma parábola Dark sobre os perigos da realização de um desejo ou uma série gore do que a média ação com pastelão apenas jogado em boa medida? Eiji é suposto ser um reflexo subversiva dos papéis mais tradicionais ou apenas um outro herói de ação auto-inserção? Eu não tenho idéia, e eu não acho que o show faz qualquer um.

O relacionamento de Eiji com Rin é outro grande problema nesta semana, especialmente desde que o programa desempenha tanto dele para risos baratos.Quando Eiji fez com que Rin não era mais uma ameaça física, que era uma coisa. A atmosfera era adequadamente tensa e desconfortável, eo show me fez sentir muita simpatia para esta menina claramente quebrado que perdeu tudo de ruim por causa da decisão de um garoto. Quando ele acidentalmente usa seus poderes para forçar Rin em algum tipo de-vínculo matrimonial, porém, as coisas tomam um rumo desconfortável. O que foi apenas alguns minutos antes de ser jogado até como uma espécie de terrível é tratado como uma mordaça barato para o resto do episódio, e eu realmente não sei como se sente sobre isso. O relacionamento toda paradigma é fora de colocar, porque ele retira expressamente Rin de tudo agência para forçá-la para o papel de interesse amoroso yandere, e não Eiji não parece preocupado com isso de uma maneira ou de outra. Ele até parece realmente aproveitar a perspectiva deles ligação, mesmo que só está acontecendo porque os seus poderes Encomendar estão alterando sua personalidade e forçando-a a se preocupa com ele, de alguma forma distorcida.

Como podemos ver esse anime em muito se assemelha a Code Geass, um protagonista disposto a tudo por sua irmã que vai dominar o mundo,mas esta longe de ser ainda o Eiji tem muito oque percorrer se quiser se livrar de seu passado "yuki" e tentar supera-lo provando-se alguem de valor não quero protagonista viado e sem ação.Bem de fato sua habilidade supera o Geass mas depende ainda de como será usada,temos tambem a Rin que é o oposto da yuno que odeia o protagonista com todas as forças mesmo ainda estando "dominada" ela afirma que tentara mata-lo espero um bom desenvoviemnto romantico(e espero tambem umas cenas donde ele perde sua virgindade oque não custa sonhar né?),eu gosto de um romance e seria bom esse odio virar amor mas não quero ver Tsenederê e sim Yanderê,mas eu espera um pouco de ação por parte do protagonista,atitude dele ir atrás dela sem medo.

Embora Rin tem algumas linhas que tentam mostrar que ela ainda é dedicado a matar Eiji, é feito muito evidente que a mente de Rin já foi alterada de alguma forma. Ele transforma seu genuíno (e compreensível) desdém para o nosso "herói" em algum tipo de estranho ódio de luxúria, e isso é um pouco demais para mim. Se Eiji foram claramente definido como um anti-herói ou vilão, isso seria uma coisa, mas ele é tão descontente que a coisa toda só surge como ligeira. Eu posso lidar com The Undertones tons fetichistas gerais em imagens de BIg Order, mesmo que eles não são pessoalmente o meu estilo. Mas este nível de manipulação emocional indiferente simplesmente não funciona, especialmente quando o show está se recusando a comprometer-se a qualquer tipo de tom consistente ou coesa. Ele surge como grosseira e subdesenvolvidos, tornando Eiji desagradável em uma maneira que eu não acho que os criadores do Big Ordem pretendidos.

Perto do final do episódio, é revelado que o mal Liga do Mal da semana passada é realmente uma coalizão de ordens dedicadas ao inaugurando uma nova era da humanidade, e eles querem Eiji para servir como seu rei. O líder do grupo diz Eiji que ele será simplesmente um boneco à sua vontade, mas Eiji então domina imediatamente todos com sua habilidade Ordem, então agora eu acho que eles estão sob o seucontrole? Este show está tomando tantos atalhos narrativos no estabelecimento e definição de poderes fim de que todo o tipo de parece sem sentido.

O novo grupo de Ordens estão mantendo irmã doente terminal de Eiji em estase até que ele possa, eventualmente, encontrar um order que pode curá-la. Se há uma order que tem a capacidade estranhamente específico para "deter quaisquer ações agressivas", então eu acho que faz sentido que haveria uma ordem lá fora, que tem a capacidade de curar a doença com risco de vida vaga de Sena. Parece que os poderes de Rin ter algum tipo de efeito de cura ampla, talvez por isso, vai acabar por ser ela.Enquanto eu estou contente lá é realmente algo de um plano para seguir agora, a completa falta de sentido neste episódio só me preocupa para o que o futuro reserva.De alguma forma eu me importar menos sobre essa história do que eu fiz antes do episódio começou, e isso é um sinal muito ruim.


A Op ficou ate muito boa, mas ainda mesmo tendo uma boa historia como base depende de como vão desenvolve-la ate agora esta tudo bem nem tão bom quanto esperava mais tambem não esta ruim, e Mirai Nikki tambem não fo um sucesso de primeira por isso da-lhês o direito da duvida,mas aquela Ost como assim o diretor não sabe criar um clima,como citei as cenas não tem muito impacto ou tensão.


Big Ordem tem apenas começou, então, obviamente, a minha avaliação poderia ser completamente equivocada. Ainda assim, mesmo neste primeiro episódio, as rachaduras na fundação deste anime estão começando a se mostrar. Como foi o caso com o Mirai Nikki, é preciso que poderia ter sido uma premissa interessante (uma criança é dado o poder incompreensível e acidentalmente destrói o mundo com suas fantasias imaturas) e de alguma forma consegue fazê-lo sentir tanto estofada e desprovido de qualquer coisa importante acontecendo.

Big Ordem é o tipo mais difícil de show para escrever sobre para mim, porque ele me deixou muito pouco para trabalhar. É baseado em um mangá pelo mesmo cara que escreveu Mirai Nikki, Sakae Esuno. Esse direito não deve dizer muito sobre como você pode se sentir sobre Big Ordem. Eu não desgostei que mostram tanto quanto alguns de seus impedimentos mais fortes, mas mesmo eu tive que pular do barco a meio, quando a narrativa transformou em uma confusão de violência complicado e arcos de personagem sem sentido. Mirai Nikki começou com alguma promessa, mas não demorou muito para perceber que a série estava mais preocupado com a esmo costurando chocante / excitante / perturbar sequências de violência e tortura do que era em contar uma história satisfatória.




Ainda tentando entender qual é a dos shinigamis atras deles.

Bem nesse episodio podemos ver que a Rin tem que cumprir três odens dadas por Eiji apos ser estrupada dominada,que são  sempre estar em seu  territorio, 2° nunca machucar Eiji ou sua irmã e a terceira que foi bem pecular não foi algo realmente interessante apos citar não intecionalmente essa ordem mas 3° se casar com ela. Ela por algum motivo estava claramente disposta a ajudar o Eiji talvez por ele ter mudado o coração dela mas ela diz que ela so quer mante-lo vivo para mata-lo ela mesma.No final do episódio, ele mesmo explica que ele está apenas usando a sua Ordem na Rin, porque ele não pode ter certeza que ela não iria matá-lo. é culpa dele que ela está sendo controlada ! Ele é apenas tem  medo pela segurança de sua família!

As pessoas que prenderam Eiji tinham intenção de mata-la, mas a ordem de Eiji foi três (a terceira foi sem querer), Rin tem que ficar perto dele (essa foi a primeira ordem dele a Rin), graças a obsessão de Rin, ela quer mata-lo e não deixar que ninguém o mate, só que pela sua segunda ordem, ela não consegue matar Eiji ou a sua irmã.

Eiji descobriu onde sua irmã estava, só que quando Eiji foi salva-la, ele encontrou o grupo dos 10 (que são os 10 usuários de ordem mais fortes do Japão), e eles queriam a independência do resto do Japão e resolveram restar Eiji para ser o rei desse território, embora a tentativa de assassinato de Rin fosse real, eles não queriam machuca-lo, eles queriam que ele fosse rei desse território e agradece-lo por destruir o mundo (supostamente porque embora ele tenha poder para fazer isso, Daisy disse que não foi Eiji).


Mas o Eiji tambem não é o santo ele estava se mantendo,somente por sua irmã,que estava muito doente e tem somente mais 6 mese de vida depois disso ele podia ate morrer que não se importava,mas é oferecido a ele a oportunidade de salva-la,então ele toma a iniciativa e usa sua "dominação" em todos(caramba oque foi aquilo que eu vi? violentanto a menina).


Bem uma cena bem legal podemos ver que a regeneração dela pode se estender a outros patamares como foi capaz de restaurar uma faca e ate flores então ate pode ser possivel humanos.

Nos  somos introduzidos a um grupo peculiar de Orders que ja haviamos visto antes, cada um com sua habilidade são basicamente os vilões que querem formar um novo mundo atraves da destruição do anterior que ja aconteceu e conquista-lo para os mutantes Orders,seus obejetivos ainda são nebulosos mas apos testar o Eiji e confirmarem suas boas intenções, convidam-no a juntar-se ao seu grupo mas claro ele seria o rei deles mas apenas como uma fachada, e seria usado mas Eiji ainda parecendo um pouco duvidoso aceita mas não sendo idiota submete a todos ao seu dominio,mas ele ainda não é realmente o "rei" e ainda não tem total controle sobre eles (se por exemplo sairem de seu dominio) como disseram ele quer governar o mundo eles o ajudaram mas será ele capaz de tomar atitudes?espero que ele se prove ao longo da serie.


E o grupo não mentiu, disse que queria usa-lo para declarar guerra mundo humano e ele seria um rei de fachada (embora ele tenha poder para isso), e se ele aceita-se poderiam achar um order para curar Sena, se não ele poderia ir embora, mas os arquivos da grande explosão vazariam (mas iria ser divulgada de toda forma), e no fim Eiji aceitou a proposta pela sua irmã (e nem são irmãos de sangue será que tola incesto).

Bom o Eiji não é o mais forte dai, por que uma boa parte do poder dele foi bloqueada. Esses caras tem um plano bem elaborado, aonde o Eiji vai ser literalmente um fantoche, mais como ele é o protagonista provavelmente ele vai ficar por cima no final :D.

Eiji parece ser a manipulação da realidade, mas é muito pouco clara, uma vez que, aparentemente, que significa "destruir tudo" sem restrições sobre ele, e agora que o seu poder tenha sido reduzida a níveis de super-limitada por Daisy, isso significa apenas o controle da mente . Seu desejo real, ao que parece, era "dominar o mundo", mas o show não está fazendo um bom trabalho de explicar o que esse caos tem a ver com a dominação significativa.






E que poder coveniente esse Order do Eiji ate eu o queria,bem tambem tem outros que fomos brevemente apresentados por uma introdução aos seus "desejos" ou seja o motivo que os levou a ganhar suas habilidades,um que pode parar o tempo com o limite para três pessoas/ou outras coisas,e um pasifista que perante ele,hávera o cessar fogo, alem da imortal Rin mas oque ainda estou curioso é a respeito do comandante ali com aquele sorriso descarado esta mais que claro que esta tramando alguma e suas habilidades podem vir a poder enfrentar o Eiji quem sabe.

Episódio muito bom, próximo episódio promete eu espero algo melhor! Vamos ainda há coisas como esperança, só pode ficar melhor a partir daqui.

Extras:

alguns exeplos do que ja disse, so para fazer pensar em coisa errada.

Nossa essa cena final ai ja ta apelando eu não mostrei a imagem inteira mas quem assistiu vai entender, a depravasão dessa cena e por onde "entrou" a dominação.


Miniatura

Aquela ideia que é genial na teoria,o foda é a parte do caminho cheio de armadilhas ao inves dela deixar ele ir na frente não ela achou uma boa ideia ir na frente e ativar todas as armadilhas kkk.



Miniatura


Cuidado Kuririn tem alguem de olho no seu titulo.Acabou que foi ate engraçado essa seguencia de mortes ela é imortal mesmo.

Apreciador da cultura japonesa,de animes,mangas,livros,filmes,e series.
Sou o God do Blogg Otaku Wolrd Land,e seu redator principal. Atualmente um estudante de farmácia . 

compatilhe

Postagens Relacionadas

Postagem Anterior
« Postagem Anterior
Postagem Anterior
Postagem Anterior»