Análise Semanal: Taboo Tattoo #03

Continuam a utilizar as cenas estáticas onde só a câmera se movimenta então, para não ficar chato, já fica aqui minha reclamação...

Taboo Tattoo parece estar correndo com seu plot, tentando adaptar o máximo possível do mangá. No primeiro episódio, esqueceram de contar a vida do protagonista para já o inserir no mundo das tatuagens. Agora, após um grande preparado do "terreno" no episódio anterior, seria normal vermos um duas belíssimas lutas, só "esqueceram" das lutas

A luta entre Izzi e Lurker foi extremamente rápida e sem graça, principalmente após ela ameaça-lo dizendo "Você cometeu dois erros...", aquilo me deixou com uma expectativa enorme mas que terminou em apenas "uma" bomba. Talvez isto se deva ao fato de Izzi desconfiar que há outra pessoa em sua casa então, obviamente, foi rapidamente atrás para averiguar, mas deveriam ter mostrado um pouco mais da luta.

Já o confronto entre Justice e Touko acabou sendo deixado de lado para apresentarem o passado da Iltutmish, a vilã que possuiu Touko (Sim, eu errei...). Não que isto seja ruim, pelo contrário, é ótimo ver aquele beijo, digo, mostrarem a história dos vilões, mesmo que seja rápido,  mas a cena acabou tendo mais impacto do que a própria luta em si. E por sinal, como Justice conseguiu enfrentar Izzi de igual para igual no primeiro episódio e apanhar de Touko neste? Por mais que a Iltutmish tenha habilidades em combate, o físico de Touko não deviria ajudar...

Finalmente mostraram o poder da tatuagem de Tom (Sim, ele não morreu), a qual era apenas uma cópia da original que lhe dava poderes de anulação de outras tatuagens e o treinamento de Justice com Izzi. Pelo menos agora se o protagonista vier a ficar mais forte, não será culpa da "amizade".

O restante foi apenas conversa entre o grupo que, convenhamos, poderia ter sido minimizado para dar mais espaço para a ação. Mas voltaram as cenas cômicas, principalmente as de Izzi vendo sua casa destruída e a cena do gato foi hilária Ver a "tradução" do resmungo do felino fez com que compensasse a decepção anterior. 
Já a amiga de Izzi, vamos ver do que ela é capaz no próxima episódio. Só não irei criar muita expectativa para não "quebrar a cara" outra vez.
 
Enfim, para um anime de ação, tirando o primeiro episódio, esta bem fraco com partes muito corridas e outras não, mas que poderiam ser substituídas facilmente. Espero que melhorem nos próximos episódios, pois se não, acabara como Kabaneri. Um começo incrível mas que caindo de popularidade por conta da má direção da staff...



 PS: Prometo que pararei com as capas fofas no próximo episódio.




Extras:

Ainda não entendo por que há chamam de tatuagem sem gatilho

Amante de games e animes de magia. Passou a vida travando duras batalhas em Rude Midgard tendo seu irmão monge como companheiro. Acredita que a vida seria mais bela se fosse como um MMORPG.

compatilhe

Postagens Relacionadas

Postagem Anterior
« Postagem Anterior
Postagem Anterior
Postagem Anterior»