Análise Semanal: Re:Zero #22

"um instante de  preguiça"" acho que não tem titulo melhor para descrever este episodio!
E mais um episodio supreendente,mas um pouco mais parado de Re: Zero com algumas coisas já esperadas, e uma grande supressa ao final. Uma primeira parte relativamente previsível aonde as coisas vão bem de mais para ser verdade – como a morte de Belteguese que foi relativamente fácil, e esperávamos mais e ainda eles destroem o corpo para garantir a para o publico sua morte – e também esperava alguma supressa nível WTF!? Para o final, pois estamos falando de Re: Zero que é algo que vem se mantendo regular na serie, mas pelo menos para mim aquele final mexeu comigo e me encheu de mais perguntas.
O episodio segue normal como esperado continuando das preocupações que sentimos no episodio passado, que seria: ele vai fazer alguma babaquice,e voltar a ser o personagem bosta depois de tanto se erguer, mas este episodio serviu para ambos se redimirem por tudo mas não esquecendo o passado e sim o aceitando, pelo menos Subaru age de forma madura e admite sua parcela de culpa pelos incidentes passados. Sendo divertido o modo como ele quer se passar por outra pessoa para ainda manter sua honra como cavaleiro – mas não fazendo diferença pois todos o conhecem.
Bem Subaru demonstra um belo plano e controle da situação, diante da ameaça da seita, e usando seu conhecimento prévio sobre Belteguese logo consegue tornar a ameaça menos preocupante tirando vantagem disso, e bem talvez sintamos falta dele, pois mesmo sendo um vilão cartunesco sua loucura foi marcante.
internet borbulhando de boas fanarts de Re:zero,tive que selecionar alguma para por aqui! quero ver quando o anime acabar.
Alguns fatos chamam atenção neste episodio como o fato de outro Bispo poder utilizar as mãos ocultas, me recordo que comentei na analise da ultima morte do Subaru que ele parecia diferente do comum – rindo pictoricamente como Betelgeuse – e se os seus “dedos” já pudessem usar esta Habilidade naturalmente, porque então não usa-las antes e também por que não ser usada por mais de um, isso me faz crer então que somente um por vez possa usar, eu suspeite que o poder passe para outra pessoa quando o portador é morto, ao invés de cada seguidor possuindo a capacidade, e com isso parece vir uma espécie de loucura associada a isso – “meu celebro lateja!”. E oque seria o gospel exatamente? Ele realmente torna as pessoas em seguidores insanos da seita? Se este for o caso como Subaru ainda não foi afetado, deve que precise ser lido para tal e tendo uma linguagem aparentemente indecifrável talvez só seja legível para os “escolhidos” que por consequência enlouquecem, e parecem virar o bispo, e seja qual for o caso o segundo-Belteguese – a garota que veio a herdar seus poderes vou chama-la assim por enquanto – parece ter conhecimento sobre o gospel e outras cosias que só o próprio saberia e além de agir como ele, em alguns momentos diz não ser ele e sim um aprendiz, oque isso significa?
Além destes assuntos vale ressaltar: Como aquele velho- melhor ter mais respeito por fodões – digo o Wilhelm, simplesmente aparece como herói fodão que é e um cavaleiro e defendem os irmãos Wolf, das mãos ocultas, para deixar mais claro ele defendeu e por sinal cortou mãos invisíveis! Como ele sabia que elas vinham em sua direção? Ele também pode vê-las? Acho que não, então simplesmente o fazem fazer algo que não devia para ressaltar o personagem, foi uma cena rápida sem tanta importância e não explicada, mas como ele cortaria alias aquelas mãos espectrais?
Outro ponto interessante é o Subaru como comentei acima ter feito um bom plano e ter controle sobre a situação, e porque isso seria interessante? Simplesmente pela mudança repentina da noite para o dia do personagem ao invés de uma mudança gradual onde podemos notar a evolução dele, ele sofre uma mudança súbita onde de um babaca idiota passa a um estrategista militar, o protagonista perfeito que o publico ama, e todos passam a dar ouvidos a ele e este completo não combatente passa a comandar um grupo de veteranos experientes, e então agora da para perdoar o Subaru finalmente? Pelo menos para mim não, pois não consigo esquecer oque ele fez além de estar tão fresco na memoria ele não fez nada significativo ainda para se redimi-lo no só se tornou outro personagem completamente diferente, - realmente os Opais da Rem são milagrosos.
Deixando de lado este assunto, a Emília volta a aparecer neste episodio rapidamente só para dizer que ela esta lá como uma sombra inútil, e a vemos novamente pela primeira vez desde o episodio 17, um episodio ate mais apagado sem muita coisa a se analisar e temos esta cena que parece inútil algo incomum no anime, então será que ela vira a significar algo? Acho difícil.
E a parte que eu estava ansioso para comentar, o final e a estranha aparência de Ram – que esta ainda mais linda que o normal – aquilo ficou nebuloso, sendo que todos desapareceram dando a impressão que estava em um sonho ou outra dimençao,e Ram usando um capuz – que parece o da Emília mas pode ser só coincidência -  enquanto segurava uma flor azul. Pela situação posso supor que a flor azul possa representar a Rem e pode ter sido algo a ver com ela – sendo que o autor se livrou dela no episodio passado sem um motivo muito plausível deixando ela mal de uma hora para outra. Pode tudo não passar e um mal entendido ou ser algo maior, de todo modo vai ser interessante esperar o próximo episodio para saber oque vai acontecer.
Avaliação: 6,0 (+)
(Explicação do Sistema de Notas)


Extras:










Ram é a melhor!
Ram é a melhor!²
"Pois não basta ter preguiça, você tem que ser a preguiça" -  by Crazy Wolf.

Apreciador da cultura japonesa,de animes,mangas,livros,filmes,e series.
Sou o God do Blogg Otaku Wolrd Land,e seu redator principal. Atualmente um estudante de farmácia . 

compatilhe

Postagens Relacionadas

Postagem Anterior
« Postagem Anterior
Postagem Anterior
Postagem Anterior»